RIBEIRO ROCHA JULIO 
CUMPRIMENTO DAS PROMESSAS DE JESUS
CUMPRIMENTO DAS PROMESSAS DE JESUS

As promessas de Jesus amado vêm sendo cumpridas fielmente desde a chegada do Espírito Santo – o Consolador -, que fora enviado a fim de orientar aos santos em Cristo Jesus. Aqueles que não se afastaram, nem se afastarão dos retos caminhos do Senhor.

O Espírito Santo deu início à sua obra após a subida de Jesus ao Céu. Seu poder começou se derramar no dia de Pentecostes.

A partir daquele dia, coisas grandes foram feitas através dos apóstolos e de todos que seguem o Evangelho do Reino de Deus, observando-o, em tudo, conforme veremos a seguir.

Manifestação do Espírito Santo no dia de Pentecostes

 Atos, capítulo 2, versículo 1 a 3, faz uma narrativa sobre a primeira evidência à vista dos que estavam reunidos em oração, tal como se segue:

“E CUMPRINDO-SE o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar; E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados. E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.”

“E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.” (Atos 2:4)

            Em Atos, capítulo 2, versículos 5, diz que“em Jerusalém estavam habitando judeus, varões religiosos, de todas as nações que estão debaixo do céu.”

Todos entenderam o que os apóstolos diziam.

“E, correndo aquela voz, ajuntou-se uma multidão, e estava confusa, porque cada um os ouvia falar na sua própria língua.” (Atos 2:6)      

Em Atos 2:7-8, diz:

 “E todos pasmavam e se maravilhavam, dizendo uns aos outros: Pois quê? Não são galileus todos esses homens que estão falando? Como pois os ouvimos cada um, na nossa própria língua em que somos nascidos?

            Note bem:

 “...todos pasmavam e se maravilhavam...”.

            Todos pasmavam e se maravilhavam por que os ouviam falar na língua pátria de cada um. Daí, os galileus falaram as línguas que todos falavam e entendiam. Falaram variadas línguas que eles – os galileus -  não conheciam, mas os gentios as entendiam.

            Aquele avento nos faz lembrar o que Jesus disse instante antes de ir para o Pai: “Em meu nome expulsarão demônios e falarão novas línguas.” (Marcos 16:17)

Vemos, portanto, que os apóstolos, sem entender, falaram o idioma de cada nação presente.  E assim, no dia de Pentecostes eles falaram novas línguas prometidas por Jesus.

Primeiro discurso de Pedro

Naquele momento, Pedro fez o seu primeiro sermão público, deixando muitos impressionados, havendo, também, a primeira grande conversão, conforme nos descreve Atos 2:37-41, que diz:

“E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, varões irmãos? E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo; Porque a promessa vos diz respeito a vós, a vossos filhos, e a todos os que estão longe: a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar. E com muitas outras palavras isto testificava, e os exortava, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. De sorte que foram batizados os que de bom grado receberam a sua palavra; e naquele dia agregaram-se quase três mil almas.”

Manifestação do Espírito Santo na casa de Cornélio

Por orientação do Espírito Santo, o apóstolo Pedro vai à casa do Centurião Cornélio, em Cesaréia, onde se encontravam muitos reunidos, já esperando Pedro.

A Bíblia nos relata mais uma evidência de línguas, conforme está escrito:

“E, dizendo Pedro ainda estas palavras, caiu o Espírito Santo sobre todos os que ouviam a palavra. E os fiéis que eram da circuncisão, todos quantos tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. Porque os ouviam falar línguas, e magnificar a Deus.” (Atos 10:44-46)

Os gentios falaram línguas, portanto, mais de uma língua, donde se deduz que na casa do centurião Cornélio existia gente de mais de uma nação.

A certidão de nascimento dos gentios foi o falar em línguas, pois caso contrário, todos não entenderiam que teriam sido batizados. E dom do Espírito Santo estava sobre eles.

Manifestação do Espírito Santo em Éfeso

Em Atos 19:1-7, diz: 

 “E SUCEDEU que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso; e, achando ali alguns discípulos, Disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo. Perguntou-lhes então: Em que sois batizados então? E eles disseram: o batismo de João, Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo. E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas, e profetizavam. E estes eram, ao todo, uns doze varões.”

Dicionário:

Magnificar: Engrandecer, exaltar, glorificar.