RIBEIRO ROCHA JULIO 
CURAS E MARAVILHAS FEITAS PELOS APÓSTOLOS
CURAS E MARAVILHAS FEITAS PELOS APÓSTOLOS

 Quem é de Deus perde a vida comum, que é temporal na terra, mas ganha a espiritual, e vive em espírito, sem, contudo, perder as bênçãos comuns, porquanto são para todos.

 

            Pedro, Felipe, Estevão, Paulo e tantos outros, são exemplos de homens santos de Deus, que viviam em espírito, adorando ao Senhor em espírito e em verdade.

 

E quem procede assim, fará as mesmas coisas que Jesus fez, e que eles – os apóstolos – fizeram.

 

Aqui, citamos grandes coisas feitas pelo Espírito Santo, através daqueles homens santos.

Filipe cheio do Espírito Santo

“E, descendo Filipe à cidade de Samaria, lhes pregava a Cristo. E as multidões unanimemente prestavam atenção ao que Filipe dizia, porque ouviam e viam os sinais que ele fazia; Pois que os espíritos imundos saíam de muitos que os tinham, clamando em alta voz; e muitos paralíticos e coxos eram curados.  E havia grande alegria naquela cidade.  E estava ali um certo homem, chamado Simão, que anteriormente exercera naquela cidade a arte mágica, e tinha iludido a gente de Samaria, dizendo que era uma grande personagem.  Ao qual todos atendiam, desde o mais pequeno até ao maior, dizendo: Este é a grande virtude de Deus.  E atendiam-no a ele, porque já desde muito tempo os havia iludido com artes mágicas.  Mas, como cressem em Filipe, que lhes pregava acerca do reino de Deus e do nome de Jesus Cristo, se batizavam, tanto homens como mulheres.  E creu até o próprio Simão; e, sendo batizado, ficou de contínuo com Filipe; e, vendo os sinais e as grandes maravilhas que se faziam, estava atônito.” (Atos 8:5-13)

O anjo do Senhor falou com Filipe, e o eunuco foi batizado.

E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai para a banda do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta. E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração, Regressava, e, assentado no seu carro, lia o profeta Isaías. E disse o Espírito a Filipe: Chega-te, e ajunta-te a esse carro. E, correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías, e disse: Entendes tu o que lês? E ele disse: Como poderei eu entender, se alguém me não ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse. E o lugar da Escritura que lia era este: Foi levado como a ovelha para o matadouro, e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, assim não abriu a sua boca. Na sua humilhação foi tirado o seu julgamento; e quem contará a sua geração? Porque a sua vida é tirada da terra. E, respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem diz isto o profeta? De si mesmo, ou dalgum outro?Então Filipe, abrindo a sua boca, e começando nesta escritura, lhe anunciou a Jesus. E, indo eles caminhando, chegaram ao pé dalguma água, e disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja batizado? E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus. E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou.” (Atos 8:26-38) 

 

Filipe é arrebatado pelo Espírito Santo.

 

“Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe, e não o viu mais o eunuco, que jubiloso seguia o seu caminho. Mas Filipe achou-se em Azoto e, indo passando evangelizava todas as cidades, até que chegou a Cesaréia.” (Atos 8:39-40)

 

Perseguição e morte de Estevão.      

 

Os inimigos levaram Estevão ao conselho porque não conseguiram disputar com ele, conforme nos relata Atos 6:9-15, que diz:

 

“E levantaram-se alguns que eram da sinagoga chamada dos libertinos, e dos cireneus e dos alexandrinos, e dos que eram da Cilicia e da Ásia, e disputavam com Estevão. E não podiam resistir à sabedoria, e ao espírito com que falava.  Então subornaram uns homens, para que dissessem: Ouvimos-lhe proferir palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus.  E excitaram o povo, os anciãos e os escribas; e, investindo com ele, o arrebataram e o levaram ao conselho.  E apresentaram falsas testemunhas, que diziam: Este homem não cessa de proferir palavras blasfemas contra este santo lugar e a lei; Porque nós lhe ouvimos dizer que esse Jesus Nazareno há de destruir este lugar e mudar os costumes que Moisés nos deu.  Então todos os que estavam assentados no conselho, fixando os olhos nele, viram o seu rosto como o rosto de um anjo.”

 

No conselho, o sumo sacerdote fez uma pergunta a Estevão:

 

“Porventura é isto assim?” (Atos 7:1)

 

Respondendo ao sumo sacerdote, Estevão fez um discurso sobre o pai Abraão, Moisés, Davi e Jesus. (Atos 7:2-53)

 

Estevão foi assassinado.

 

“E, ouvindo eles isto, enfureciam-se em seus corações, e rangiam os dentes contra ele.  Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus;  E disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus. Mas eles gritaram com grande voz, taparam os seus ouvidos, e arremeteram unânimes contra ele.  E, expulsando-o da cidade o apedrejavam. E as testemunhas depuseram os seus vestidos aos pés de um mancebo chamado Saulo.  E apedrejaram a Estevão, que em invocação dizia: Senhor Jesus, recebe o meu espírito.  E, pondo-se de joelhos, clamou com grande voz: Senhor, não lhes imputes este pecado. E, tendo dito isto, adormeceu. (Atos 7:54-60)

 

Dicionário:

 

Arremeteram, quer dizer: Atacaram com ímpeto.

 

Pedro Cura um coxo na porta formosa do templo.

 

“E PEDRO e João subiram juntos ao templo à hora da oração, a nona.  E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.  O qual, vendo a Pedro e a João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola.  E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós.  E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa.  E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou: Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.  E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.  E todo o povo o viu andar e louvar a Deus;  E conheciam-no, pois era ele o que se assentava a pedir esmola à porta Formosa do templo; e ficaram cheios de pasmo e assombro, pelo que lhe acontecera.  E, apegando-se o coxo, que fora curado, a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles, ao alpendre chamado de Salomão.  E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Varões israelitas, porque vos maravilhais disto?” (Atos 3:1-12)

 

Até a sombra de Pedro curava

 

“De sorte que transportavam os enfermos para as ruas, e os punham em leitos e em camilhas para que ao menos a sombra de Pedro, quando este passasse, cobrisse alguns deles. E até das cidades circunvizinhas concorria muita gente a Jerusalém, conduzindo enfermos e atormentados de espíritos imundos, os quais todos eram curados.” (Atos 5:15-16)

 

Pedro Cura Enéias, em Lida

 

“E aconteceu que, passando Pedro por toda a parte, veio também aos santos que habitavam em Lida.  E achou ali certo homem, chamado Enéias, jazendo numa cama havia oito anos, o qual era paralítico.  E disse-lhe Pedro: Enéias, Jesus Cristo te dá saúde; levanta-te e faz a tua cama. E logo se levantou.  E viram-no todos os que habitavam em Lida e Sarona, os quais se converteram ao Senhor.” (Atos 9:32-35)

 

Pedro em Jope, ressuscita Tabita (Dorcas)

 

“E havia em Jope uma discípula chamada Tabita, que traduzido se diz Dorcas. Esta estava cheia de boas obras e esmolas que fazia.  E aconteceu naqueles dias que, enfermando ela, morreu; e, tendo-a lavado, a depositaram num quarto alto.  E, como Lida era perto de Jope, ouvindo os discípulos que Pedro estava ali, lhe mandaram dois varões, rogando-lhe que não se demorasse em vir ter com eles.  E, levantando-se Pedro, foi com eles; e quando chegou o levaram ao quarto alto, e todas as viúvas o rodearam, chorando e mostrando as túnicas e vestidos que Dorcas fizera quando estava com elas. Mas Pedro, fazendo-as sair todas, pôs-se de joelhos e orou: e, voltando-se para o corpo, disse: Tabita, levanta-te. E ela abriu os olhos, e, vendo a Pedro, assentou-se.  E ele, dando-lhe a mão, a levantou, e, chamando os santos e as viúvas, apresentou-lha viva.  E foi isto notório por toda a Jope, e muitos creram no Senhor;” (Atos 9:36-40)

 

Cheios de ganância e avareza, Ananias e Safira mentiram e morreram na presença de Pedro.

 

“MAS um certo varão chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade;  E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.  Disse então Pedro: Ananias, porque encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?  Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Porque formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.  E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram.  E, levantando-se os mancebos, cobriram o morto, e, transportando-o para fora, o sepultaram.  E, passando um espaço quase de três horas, entrou também sua mulher, não sabendo o que havia acontecido.  E disse-lhe Pedro: Diz-me, vendestes por tanto aquela herdade? Ela disse: Sim; por tanto.  Então Pedro lhe disse: Porque é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti.  E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os mancebos, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido.” (Atos 5:1-10)

 

Se estas coisas acontecessem nos dias atuais, os púlpitos de muitas igrejas ficariam desertos. 

 

Os apóstolos são presos.

 

“E, ESTANDO eles falando ao povo, sobrevieram os sacerdotes, e o capitão do templo, e os saduceus, Doendo-se muito de que ensinassem o povo, e anunciassem em Jesus a ressurreição dos mortos.  E lançaram mão deles, e os encerraram na prisão até ao dia seguinte, pois era já tarde.” (Atos 4:1-3)

 

Quem eram os saduceus? O dicionário responde:

 

SADUCEUS: Membros de uma seita judaica oposta aos fariseus, cujos membros pertenciam em geral à classe rica.

 

Muitos se converteram.

 

“Naquele mesmo dia, muitos, porém, dos que ouviram a palavra creram, e chegou o número desses homens a quase cinco mil.” (Atos 4:4)

 

Os apóstolos foram soltos no dia seguinte.

 

“E aconteceu, no dia seguinte, reunirem-se em Jerusalém os seus principais, os anciãos, os escribas,  E Anás, o sumo sacerdote, e Caifás, e João, e Alexandre, e todos quantos havia da linhagem do sumo sacerdote.  E, pondo-os no meio, perguntaram: Com que poder ou em nome de quem fizestes isto?  Então Pedro, cheio do Espírito Santo, lhes disse: Principais do povo, e vós, anciãos de Israel. Visto que hoje somos interrogados acerca do benefício feito a um homem enfermo, e do modo como foi curado,” (Atos 4:5-9)

 

Os apóstolos presos outra vez.

 

Indignados devido os prodígios, curas e maravilhas feitos através dos apóstolos, os adversários de Nosso Senhor Jesus Cristo, outra vez, colocaram-nos na prisão, conforme está escrito em Atos, capítulo 5, versículos 17 e 18:

 

 “E, levantando-se o sumo sacerdote, e todos os que estavam com ele (e eram eles da seita dos saduceus), encheram-se de inveja, E lançaram mão dos apóstolos, e os puseram na prisão pública.”

 

Um anjo do Senhor soltou os apóstolos.

 

 “Mas de noite um anjo do Senhor abriu as portas da prisão, e, tirando-os para fora, disse:  Ide e apresentai-vos ao templo, e dizei ao povo todas as palavras desta vida.  E, ouvindo eles isto, entraram de manhã cedo no templo, e ensinavam.  Chegando, porém, o sumo sacerdote e os que estavam com ele, convocaram o conselho, e a todos os anciãos dos filhos de Israel, e enviaram ao cárcere, para que de lá os trouxessem.  Mas, tendo lá ido os servidores, não os acharam na prisão, e, voltando lho anunciaram. Dizendo: Achamos realmente o cárcere fechado, com toda a segurança, e os guardas, que estavam fora, diante das portas; mas, quando abrimos, ninguém achamos dentro.  Então o capitão do templo e os principais dos sacerdotes, ouvindo estas palavras, estavam perplexos acerca deles e do que viria a ser aquilo.  E, chegando um, anunciou-lhes, dizendo: Eis que os homens que encerrastes na prisão estão no templo e ensinam ao povo.” (Atos 5:19-25)

 

Os apóstolos são acoitados.

 

Pedro falava diante do sinédrio, quando deliberam matá-los, porém, o conselho foi interrompido por Gamaliel, que era doutor da lei, advertindo a todos, dizendo:

 

“E agora digo-vos: Dai de mão a estes homens, e deixai-os, porque, se este conselho ou esta obra é de homens se desfará. Mas, se é de Deus, não podereis desfazê-la; para que não aconteça serdes também achados combatendo contra Deus.”  (Atos 5:38-39)

 

“E concordaram com ele. E, chamando os apóstolos, e tendo-os açoitado, mandaram que não falassem no nome de Jesus, e os deixaram ir.” (Atos 5:40)

 

Herodes mandou matar Tiago e colocar Pedro na prisão.

 

“POR aquele mesmo tempo o rei Herodes estendeu as mãos sobre alguns da igreja, para os maltratar; E matou à espada Tiago, irmão de João.  E, vendo que isso agradara aos judeus, continuou, mandando prender também a Pedro. E eram os dias dos asmos.  E, havendo-o prendido, o encerrou na prisão, entregando-o a quatro quaternos de soldados, para que o guardassem, querendo apresentá-lo ao povo depois da páscoa.  Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.” (Atos 12:1-5) 

 

Um anjo do Senhor soltou Pedro.

 

“E quando Herodes estava para o fazer nessa mesma noite comparecer, estava Pedro dormindo entre dois soldados, ligado com duas cadeias, e os guardas diante da porta guardavam a prisão. E eis que sobreveio o anjo do Senhor, e resplandeceu uma luz na prisão; e, tocando a Pedro na ilharga, o despertou, dizendo: Levanta-te depressa. E caíram-lhe das mãos as cadeias.  E disse-lhe o anjo: Cinge-te, e ata as tuas alparcas. E ele o fez assim. Disse-lhe mais: Lança às costas a tua capa, e segue-me.  E, saindo, o seguia. E não sabia que era real o que estava sendo feito pelo anjo, mas cuidava que via alguma visão.  E, quando passaram a primeira e segunda guarda, chegaram à porta de ferro, que dá para a cidade, a qual se lhes abriu por si mesma; e, tendo saído, percorreram uma rua, e logo o anjo se apartou dele.  E Pedro, tornando a si, disse: Agora sei verdadeiramente que o Senhor enviou o seu anjo, e me livrou da mão de Herodes, e de tudo o que o povo dos judeus esperava.” (Atos 12:1-11)

 

O rei Herodes morreu comido de bichos.

 

“E num dia designado, vestindo Herodes as vestes reais, estava assentado no tribunal, e lhes fez uma prática. E o povo exclamava: Voz de Deus, e não de homem. E no mesmo instante feriu-o o anjo do Senhor, porque não deu glória a Deus, e, comido de bichos, expirou.” (Atos 12:21-23)

 

O dicionário nos dar o significado das palavras seguintes:

 

Quaternos: Composto de quatro coisas.

 

Ilharga: Cada uma das partes laterais interiores do baixo-ventre; lado , parte lateral.