RIBEIRO ROCHA JULIO 
ELES SERVEM A DEUS?
ELES SERVEM A DEUS?

Muitos pregadores, nacionais e internacionais, vem apresentando ao mundo práticas afrontadoras à Palavra de Deus, levando multidões ao desvio da verdade divinamente dita nas Sagradas Escrituras. O que eles fazem deixa muitos num verdadeiro delírio.

Um dos quais é poderoso só  em palavras, considerando que a sua voz é ouvida no mundo inteiro. A fé semeada por ele, que não pertence ao Reino de Deus, arrasta perto de dois quartos do povo deste planeta terra. Ele tem milhões de discípulos. Todos literalmente fiéis à fé dogmatizada por sua organização religiosa.

 O chefe, os discípulos e grande parte de seus seguidores praticam a caridade, mas não andam na fé tão-somente no nosso Pai Eterno. Assim sendo, dividem a fé  com outros deuses. Adorando-os. Fazendo-lhes petições. Contudo, a Bíblia Sagrada, em Efésios, capítulo 4, versículos 5 e 6, diz:

“Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo; um só Deus e Pai de todos, o qual é  sobre todos, e por todos, e em todos.”  

Visto assim, eles praticam a caridade, porém, divulgam fé diferente daquela que vem de Deus. Desta sorte, não observam as Sagradas Escrituras. E, de igual maneira, não as ensinam corretamente. Assim sendo, leva consigo mesmo multidões incalculáveis de seres humanos que não examinam o Livro do Deus vivo – o Todo-Poderoso -, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Redentor e Salvador daqueles que, crendo nEle, se converteram e se converterão dos seus pecados.

 Os seguidores de muitas práticas não enxergam que o Cristo foi humilhado, massacrado, cuspido, acoitado, julgado, condenado, pregado num madeiro entre dois malfeitores, sendo tido como maldito; derramou todo o seu sangue; morreu e foi sepultado; ressuscitou ao terceiro dia, conforme Ele mesmo anunciara.

Muitos dão ouvidos a doutrinas erradas, editadas, publicadas e anunciadas por certos pregadores, que se dizem sábios. Os ouvintes ou leitores, seguidores dos tais pregadores, preferem seguir coisas contrárias à Palavra de Deus, e não se esforçam a servir ao nosso Pai Celestial. De tal sorte, longe estão de serem alcançados pela Graça de Deus. E preferem desviar os seus ouvidos da verdade. E sobre esta verdade assim está escrito:

“Jesus dizia pois aos judeus que criam nele: Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”(João 8:21-32)Mas..., o amado leitor poderá dizer: “Este texto é sobre os judeus.”

É mesmo...!

E assim milhões de milhões pecam por não examinarem as Sagradas Escrituras, visto que nelas assim está escrito:

    “Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo o homem que vem ao mundo.  Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.  Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do varão, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigénito do Pai, cheio de graça e de verdade.” (João 1:9-14)

O que significa?

“Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.”

Ora, o que era seu, refere-se aos judeus! Estes não só O rejeitaram, como também perseguiram o filho de Deus. E o fizeram até à morte, e de cruz. Eles e outros levaram o Santo dos Santos à condição de maldito.

Quem são “...todos quantos...?”

Estes são alguns pouquíssimos judeus e os gentios; estes últimos não faziam parte do povo de Deus. E o povo de Deus eram os judeus. E assim o Reino de Deus chegou a todos.

O Reino da Salvação é oferecido gratuitamente a quem O buscar, pela Graça de Deus. Os requisitos para desfrutar de tamanha benevolência divina são simplesmente: que o pecador se converta dos seus pecados, e não os repita mais.

O Reino de Deus busca o pecador continuamente, visto que assim diz o Filho do Homem:

“Eis que estou à porta, e bato: se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” (Apocalipse 3:20)

Diz o dicionário que Unigênito significa: Filho único; único gerado por seus pais. O Unigênito de Deus – Jesus Cristo.

Não julgamos, nem podemos.

Não é nossa pretensão citar o nome  ou os nomes dos que fazem  coisas que se contrapõem às Sagradas Escrituras. Contudo, citaremos os textos Bíblicos nos quais eles estão inseridos. Entr’etanto, não nos impede de transcrevermos alguns comentários sobre os quais, que vem sendo publicados em diversos blogs, revistas ou livros. 

Sobre estas coisas praticadas pelo homem, que assustadoramente são muitas, necessário se faz sequenciarmos alguns capítulos, a fim de possibilitar melhor entendimento.