RIBEIRO ROCHA JULIO 
O CARNÊ DA ORAÇÃO INCESSANTE
O CARNÊ DA ORAÇÃO INCESSANTE

 

A igreja daquele chefão do chapéu preto criou o carnê da oração incessante. Quem quiser oração para obter milagres receberá um carnê, no qual consta um determinado valor.

Certamente muitos acreditarão nesta mentira. Por não examinarem as Escrituras, conseguirão o tal carnê. Prática, aliás proibida na Bíblia Sagrada.

Se esta moda pegar, os ricos se tornarão mais ricos e os pobres incautos mais pobres.

O que a Bíblia nos diz sobre esta cobrança?

Vejamos:

Jesus reuniu os Seus 12 discípulos, e os mandou anunciar a chegada do Reino dos Céus às ovelhas perdidas da casa de Israel. E deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, expulsando-os, e para curar toda a enfermidade, todo o mal. (Mateus 10:1,6 e 7)

Os discípulos receberam o poder para fazer tudo de graça, conforme está escrito:

“Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em  vossos cintos, Nem alforges para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordão; porque digno é o operário do seu alimento.” (Mateus 10:8-10)

Pedro curou e não cobrou.

“E PEDRO e João subiram juntos ao templo à hora da oração, a nona. E era trazido um varão que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. O qual, vendo a Pedro e a João, que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa. E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou: Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram.” (Atos 3:1-7)

Deus usa os seus santos vivos e de graça cura os enfermos. Faz prodígios e maravilhas. Tudo de graça!

Deus usa os seus santos vivos aqui na terra, e de graça cura os enfermos. Faz prodígios e maravilhas. Tudo de graça!

Deus usou um pastor da Assembléia de Deus para me livrar das garras de satanás e da sombra da morte. Por duas vezes Deus falou comigo através daquele pastor – um anjo do Senhor. O pastor não me fez nenhuma cobrança, nem tampouco me deu esse tal de carnê incessante.

Os santos apóstolos fizeram prodígios, curando e  ressuscitando a muitos.

Até a sombra de Pedro curava.

Até um lenço de Paulo curava os enfermos e os demônios saiam correndo.

Jesus, durante o Seu Ministério, fez curas, prodígios e maravilhas. Curou multidões imensas.

João, capítulo 21, versículo 25, diz:

“Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez; e se cada uma das quais fosse escrita, cuido que nem ainda o mundo todo poderia conter os livros que se escrevessem. Amém.”

Jesus e os santos apóstolos fizeram todas estas coisas. Não efetuaram nenhuma cobrança. Nem emitiram nenhum carnê de oração incessante.

Como as pessoas esclarecidas, especialmente os da mídia, estão vendo estas coisas feitas por Valdemiro Santiago e uma multidão de enganadores de variadíssimas religiões?

A despeito disto, são muitas as denúncias contra eles através de revistas de repercussão internacionais, jornais e tevês, dentre as quais a revista ISTOÉ, que em sua edição 2293, de 25 de outubro de 2013, fez sérias denúncias contra o tal tipo de “obreiros”. E o figurão em destaque foi o que se diz apóstolo Valdemiro Santiago.

   Transcrevemos a seguinte parte da reportagem, cuja manchete destaca:

“À espera de um milagre. Quadrilhas de pastores ladrões, dividas milionárias com as tevês, administração amadora e investimentos equivocados na  construção de grandiosos templos. O que está por trás da crise financeira da Mundial, uma das mais poderosas igrejas evangélicas do País.”

É uma denúncia muito grave contra quem se diz “servo” do Senhor.  Servo assim, jamais servirá a Deus!

A matéria da revista ISTOÉ mostra vários calotes de Valdemiro contra seus fiéis. Ele – segundo a revista – chora diante dos seus seguidores e das câmaras da emissora de Televisão. Tudo isto acontece no púlpito, onde ele devia se apresentar como santo, como obreiro sem mácula, em vez de receber o nome de ladrão, pois assim a ISTOÉ.

Tal como Valdemiro existem milhares. Quem são eles, segundo a Palavra de Deus?

Vejamos:

“Todos os seus atalaias são cegos, nada sabem; todos são cães mudos, não podem ladrar; andam adormecidos, estão deitados, e gostam do sono. E estes cães são gulosos, não se podem fartar; e eles são pastores que nada compreendem; todos eles se tornam para o seu caminho, cada um para a sua ganância, cada um por sua parte. Vinde, dizem, trarei vinho, e beberemos bebida forte; e o dia de amanhã será como este, e ainda muito mais abundante.” (Isaías 56:10-12)

Filipenses, capítulo 3, versículos 1 e 2, recomenda que devemos fugir deles, conforme está escrito:

“RESTA, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós. Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão;”   

Que recompensa eles receberão?

O livro do Apocalipse, capítulo 22, versículos 14 e 15, declara qual o destino deles, conforme está escrito:

“Bem-aventurados aqueles que lavam as suas vestiduras no sangue do Cordeiro, para que tenham direito à árvore da vida, e possam entrar na cidade pelas portas. Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e os homicidas, e os idólatras; e qualquer que ama e comete a mentira.”