RIBEIRO ROCHA JULIO 
O LEGADO QUE NOS DEIXOU JESUS
O LEGADO QUE NOS DEIXOU JESUS

Jesus cumpriu, na íntegra, a missão que o Pai Lhe confiou. O Príncipe da Paz foi vítima da pior morte: A morte de cruz.

Seu legado é o preço do Seu sangue derramado na cruz pelo perdão dos nossos pecados. Pelos pecados daqueles que O aceitaram e continuam aceitando como o seu único e suficiente Salvador.

São incontáveis os milagres, prodígios e maravilhas feitos por Jesus. Ele disse que o homem santo também faria as mesmas coisas, mas precisariam ter fé. Crer!

Seu poder está na Sua palavra, e nos revela tudo, conforme está escrito em Hebreus, capítulo 4, versículo 12, que diz:

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.”

Jesus diz aos que crêem em Seu nome:

Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e ás fará maiores do que estas; porque eu vou para meu Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.” (João 14:12-14)

Em João 15:1-2, Jesus diz:

“EU SOU a videira verdadeira, e meu Pai é o lavrador.  Toda a vara em mim, que não dá fruto, a tira; e limpa toda aquela que dá fruto, para que dê mais fruto.”

Em seguida Jesus diz aos seus discípulos:

Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado.  Estai em mim, e eu em vós como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim. Eu sou a videira, vós as varas, quem está em mim, e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer.” (João 15:3-5)

Jesus fala sobre o destino de quem não dar bons frutos, quando afirma:

Se alguém não estiver em mim, será lançado fora como a vara, e secará; e os colhem e lançam no fogo, e ardem.” (João 15:6)

À vara que foi limpa pelo lavrador, que é o Pai, diz Jesus:

Se vós estiverdes em mim, e as minhas palavras estiverem em vós, pedireis tudo o que quiserdes, e vos será feito.” (João 15:7)

Jesus cita mais uma condição que fortalece aquele, que, realmente, deseja fazer a Sua obra, conforme está escrito em João, capítulo 15, versículos 8 a 10:

Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.  Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor.”

Jesus diz que estará sempre presente.

Em Mateus 18: 20, Ele diz:

“...onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.”

Jesus disse que os Seus discípulos julgariam as doze tribos.

“E vós sois os que tendes permanecido comigo nas minhas tentações. E eu vos destino o reino, como meu Pai mo destinou; Para que comais e bebais à minha mesa no meu reino, e vos assenteis sobre tronos, julgando as doze tribos de Israel.” (Lucas 22:28-30)