RIBEIRO ROCHA JULIO 
OS LIVROS DA VIDA E DA MORTE
OS LIVROS DA VIDA E DA MORTE

 

Falar sobre os livros da vida e da morte, bem definidos nas Escrituras, não é bem fácil, porém, é dura realidade. E carece de profunda reflexão, não obstante, poucos tem se voltado para importante assunto.

A Bíblia Sagrada faz uma separação ao citar os livros e o livro da vida. Nos livros constam os nomes dos que passam pela porta larga – o caminho da perdição -, e no livro da vida, os que passam pela porta estreita – o caminho da salvação, do reino do Céu.

De tal maneira, esta escolha – a perdição ou a salvação – quem faz é o ser humano enquanto tem um corpo físico, pois nosso Jesus amado disse:

Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.” (Mateus 7:13-14)

Assim sendo, só existem dois caminhos. Portanto, depois da morte física, do corpo carne, não há mudança de caminho. A escolha quem faz é o homem enquanto vivo materialmente.

Todos comparecerão diante do tribunal de Cristo, posto que em 2 Coríntios, capítulo 5, versículo 10, declara:

“Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal.”

E peço-te também a ti, meu verdadeiro companheiro, que ajudes essas mulheres que trabalharam comigo no evangelho, e com Clemente, e com os outros cooperadores, cujos nomes estão no livro da vida.” (Filipenses 4:3) 

Ao anjo que estava em Sardo

“Mas também tens em Sardo algumas pessoas que não contaminaram seus vestidos, e comigo andarão de branco; porquanto são dignas disso.  O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” (Apocalipse 3:4-5)

Os que adorarão a Besta

E adoraram o dragão que deu à besta o seu poder; e adoraram a besta, dizendo: Quem é semelhante à besta? Quem poderá batalhar contra ela?  E foi-lhe dada uma boca para proferir grandes coisas e blasfêmias; e deu-se-lhe poder para continuar por quarenta e dois meses.  E abriu a sua boca em blasfêmias contra Deus, para blasfemar do seu nome, e do seu tabernáculo, e dos que habitam no céu.  E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua e nação.  E adoraram-na todos os que habitam sobre a terra, esses cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro que foi morto desde a fundação do mundo.” (Apocalipse 13:4-8)

“A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.” (Apocalipse 17:8)

A abertura dos livros

“E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para ele.  E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida: e os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras.   E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.” (Apocalipse 20:11-15)

Entrada na cidade celestial

“E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro.”(Apocalipse 21:27)

São Paulo escrevendo aos Filipenses, disse:

“Sede também meus imitadores, irmãos, e tende cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam. Porque muitos há, dos quais muitas vezes vos disse, e agora também digo, chorando, que são inimigos da cruz de Cristo. Cujo fim é a perdição; cujo Deus é o ventre; e cuja glória é para confusão deles, que só pensam nas coisas terrenas. Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo.” (Filipenses 3:17-20)

Como vimos, a escolha é de todos que integram o mundo dos seres humanos, que têm um corpo mortal, que futuramente retornará ao pó.  Tudo antes da transformação em terra.

A carne luta contra o espírito, e vencendo-o decreta sua morte eterna ou temporal, pois podemos ressuscitar em Cristo, saindo das trevas para luz. Desta maneira, o nome é riscado dos livros  e escrito no livro da vida. Tudo isto enquanto o ser humano tem uma vida física, aqui na terra.