Hospedagem de Sites com cPanel, PHP, MySQL, Emails e SSL Grátis
A GRANDE PROSTITUTA
A GRANDE PROSTITUTA

João viu a Mulher assentada na besta de cor escarlate (Ap 17:3), cuja mulher tem sido a desgraça de muitos que povoam a terra,  conforme  o veremos neste contexto, o qual nos apresenta visão e interpretação, porém, tudo no controle do Deus Altíssimo, a quem os salvos dão Honra e Glórias, incessantemente. Amém!

Um dos anjos que tinham as sete taças falou com João, e disse: “Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas;” (Apocalipse 17:1)

O anjo mostra a João o destino da Grande Prostituta, que também é chamada de a Grande Babilônia  (Apocalipse 17.5)

Hernandes Dias Lopes, comentarista do Apocalipse, apresenta cinco pontos que identificam a Grande Prostituta, que também é tratada como a Grande Meretriz, conforme o autor descreve:

1)“...o contraste entre a noiva e a meretriz; entre a nova Jerusalém e a grande Babilônia.”

2) “...a grande meretriz é conhecida pela sua influência mundial (Apocalipse 17; 1, 15)”

3) “...a grande meretriz é conhecida pela sua riqueza (17.4.)”

4) “...a grande meretriz é conhecida por sedução (17: 2,4,5”)

5) “...a grande meretriz é conhecida pela sua violência (17:6)

A Grande Prostituta é uma igreja apostatada. Uma igreja falsa. Uma igreja que já começou caída. Seus líderes e seguidores dizem que amam ao Deus Altíssimo, mas não cumprem os seus mandamentos (Deuteronômio 5:8 e 9; Êxodo 20:1 a 4; Levítico19:4; Salmo 115:8; Isaías 42:8); Dizem que amam a Jesus, porém, não guardam os seus mandamentos (João 14.15); Não examinam as Escrituras (João 5.39). Eles misturam o Pai, o Filho e o Espírito Santo com coisas reprovadas pelo Trono de Deus.

Os líderes e congregados da igreja apostatada, da GRANDE PROSTITUTA, não amam os seus inimigos (Mateus 5.44); a igreja apostatada matou milhões de pessoas inocentes. Todos ignoram a mensagem de Jesus na Cruz, pois Jesus amou os que estavam lhe pregavam na Cruz (Lucas 23.34). Eles renegam a Jesus.

A igreja caída se disfarça querendo  servir ao Senhor Nosso Deus, mas não  O serve, pois mistura Deus com muitos deuses que tem bocas, mas não falam; tem olhos, mas não veem; tem ouvidos, mas não ouvem; tem pernas, mas não andam; tem mãos, mas não apalpam; tem pés, mas não andam; nem som alguém sai da sua garganta. Tornam-se semelhantes  a eles os que os fazem  e todos que neles confiam (Salmo 115.5 a 8) 

Destacamos alguns pontos fundamentais sobre a prostitutas, a saber:

Número 1, vejamos o contraste entre a noiva do Cordeiro e a meretriz; entre a nova Jerusalém, e a grande Babilônia (Ap 17.1). João recebe  uma visão e ele pode contrastar essa visão com outra (Ap 21.9). 0

A noiva do Cordeiro  é fiel, mas a meretriz é infiel. A Nova Jerusalém é uma cidade santa, porém, a grande Babilônia é maldita. A Nova Jerusalém é luz, mas a grande Babilônia é treva.

A Igreja dos salvos é a noiva do Cordeiro, mas a meretriz é a noiva de Satanás.

 A grande prostituta tem um letreiro na testa, conforme o versículo 5, capítulo 17, diz: “E na sua testa estava escrito o nome: MISTÉRIO, A GRANDE BABILÓNIA, A MÃE DAS PROSTITUIÇÕES E ABOMINAÇÕES DA TERRA. – grifo nosso.

A meretriz, que é a mãe das prostituições, deu a luz à prostituição religiosa, levando seus erros doutrinários abomináveis aos habitantes da terra.  Seus templos estão em todos os recantos do mundo, porquanto os do mundo gostam dos seus enganos doutrinários.

A mãe da prostituição despreza o Deus verdadeiro, e cria muitos deuses para si,  e tem deuses para todos os gostos,  aos quais faz as suas petições afrontando o Deus Altíssimo.

Tudo isto é o cumprimento do que foi dito pelo Espirito, que “...nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;” (1 Timóteo, capítulo 4, versículo1)

  Número  2,  a  grande  prostituta  tem amantes religiosos no mundo

inteiro, cujo líder é exaltado acima de todos neste globo que se chama terra.

Um dos sete anjos que tinham as sete taças mostrou a João a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas (Apocalipse 17.1), as águas “...são povos, e multidões, e nações, e línguas. (Apocalipse 17.15)

A grande prostituta terá sua condenação eterna, e será jogada no logo de fogo para o sempre. Amém!   

Número 3, a grande  prostituta   se  veste  luxuosamente. A  grande

prostituta construiu e constrói templos majestosos pelos quatro cantos do mundo, em cujos templos coloca nos seus altares e paredes tudo que a Bíblia Sagrada proíbe. Arrecada riqueza pelo mundo inteiro, seus tesouros tem valores imensuráveis; sua luxúria encanta o mundo, pois é cheia de ouro, pedras preciosas, conforme descreve Apocalipse, capítulo 17, versículo 4:

 “E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição;”

O prelado dessa religião apóstata se veste de púrpura e de escarlata.

Prelado: Segundo o dicionário priberam da língua portuguesa significa título dos altos dignitários da Igreja.

Púrpura: Cor vermelha escura.

Escarlata: Cor vermelha viva e rutilante, que também é resplandecente.

Rutilante: Resplandecente, luzente, muito brilhante.

Tal cor é utilizada pelo alto escalão da Igreja Católica Romana, pois suas vestes chamam à atenção pelo seu luxo.

A prostituta chama os seus seguidores de povo de Deus, e filhos de Deus. Milhões de milhões, milhares de milhares são enganados, dizendo-se irmãos de Jesus e filhos de Deus.

Os sinais de Jesus não seguem a igreja apostatada, conforme está escrito:

E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas;  Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos e os curarão.” (Marcos 16.17 e 18)

Nenhum dos seus membros – líderes ou seguidores – fazem  o que está escrito no texto acima. 

Número 4, a prostituta é a ruína dos habitantes da terra, conforme a Apocalipse, capítulo 17, versículo 2, descreve:

Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição.”

Aqui, trata-se de prostituição espiritual e religiosa. Os reis da terra iam e vão aos pés do líder maior da igreja caída – o papa. O líder maior vai aos governantes terrenos, o qual é recebido solenemente. E recebe beijos em sua mão.

A   meretriz  ou  prostituta,  que  é  chamada  também  de  Babilônia,

 

representa um sistema religioso apóstata, como já vimos, é ao mesmo tempo infiel e hostil a Deus (Dicionário Bíblico Wycliffe)

A mulher assentada na Besta

João  viu uma mulher na besta, conforme o texto do versículo 3, do mesmo capítulo 17:

E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfémia; e tinha sete cabeças e dez chifres.”

  O prelado dessa religião apóstata se veste de púrpura e de escarlata.

        Prelado: Segundo o dicionário priberam da língua portuguesa significa título dos altos dignitários da Igreja.

Escarlata é cor vermelha viva e rutilante, que também é resplandecente.

Tal cor é utilizada pelo alto escalão da Igreja Católica Romana, pois suas vestes chamam à atenção pelo seu luxo.

Número 5, a mulher, que é a mesma grande prostituta, opera com violência, como descreve o capítulo 17, versículo 6: E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Jesus. E, vendo-a eu maravilhei-me com grande admiração.” (Apocalipse 17.6)

Hernandes Dias Lopes, no seu livro de comentário Apocalipse o Futuro  Chegou, diz:

“A meretriz que vive no luxo tem duas armas: sedução e perseguição. Ela seduz, mas também mata. Ela atrai, mas também destrói. Ela está embriagada não do vinho, mas do sangue dos santos e dos mártires.”

A meretriz foi e é inimiga da Noiva do Cordeiro. Ela sempre perseguiu  e matou muitos seguidores de Jesus ao longo da história.

A meretriz vem perseguindo e matando muitos crentes em Cristo Jesus

no decorrer da história. Essa meretriz, também chamada de Grande Prostituta, era Roma no tempo de João e depois (Ap 17.18), a qual destruía os seguidores de Jesus em seus circos ou arenas para divertir o povo, como já vimos em capítulo anterior desta obra.

O mistério da mulher e da besta

“E o  anjo  me  disse:  Porque  te  admiras?  Eu  te direi o mistério da

mulher, e da besta que a traz, a qual tem sete cabeças e dez chifres.  A besta que viste foi e já não é, e há de subir do abismo, e irá à perdição; e os que habitam na terra (cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde a fundação do mundo) se admirarão, vendo a besta que era e já não é, mas que virá.”(Ap 17.7-8)

            A besta que João viu é a mesma que emergiu do mar (Ap 13.1), que receberá o trono do dragão, cuja besta é respeitada, e ninguém da terra a enfrentará (Ap 13.4). Ela é uma pessoa, e  é um sistema de governo contra o Trono de Deus. Quando a besta vier os habitantes da terra se admirarão muito, pois o tal individuo vem do abismo – o abismo é abaixo de onde pisamos.

            A besta subirá do abismo, pois trata-se de um indivíduo que ressuscitará, querendo imitar a Cristo, e se apresentará como o Messias, e enganará os israelitas, que farão aliança com ela, que virá com todo o seu poder de Satanás.

O carimbo da prostituta

A prostituta coloca o seu carimbo em todas as partes do mundo. Seu carimbo tem o nome dos santos levantados por ela mesma. E assim, carimba estabelecimentos comerciais, cidades, bairros, navios e outros com o nome dos seus santos.

A santa missa da prostituta

A prostituta chama os seus cultos de  santa missa, e nada tem de santa, pois  contraria as Escrituras Sagradas, repetindo descontroladamente  o sacrifício de Cristo, que se deu uma única vez, conforme Hebreus, capítulo 9, versículo 28, que diz: “Assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação.”