Criar uma Loja Virtual Grátis
DEUS ME CUROU DE UMA GASTRITE
DEUS ME CUROU DE UMA GASTRITE

 

Durante 22 anos sofri com uma gastrite. Por mais de vinte vezes fui ao pronto-socorro do Hospital Central da Polícia Militar.

No início da enfermidade,  os médicos mandavam me aplicar uma injeção de Antak, também conhecida por Ranitidina. É um medicamento anti-ulceroso indicado no tratamento de problemas de estômago, como úlceras gástrica e duodenal, esofagite de refluxo, gastrite e duodenites.

Já perto dos 22 anos padecendo com aquela enfermidade, os médicos mandavam me aplicar uma injeção de Antak no início, ficando entre três a quatro horas internado, e aplicavam-me outra injeção de Antak. E eu ficava sofrendo no meu lar, entre quatro ou cinco dias, mas a gastrite doía direto. Não me dava mais sossego.

Às madrugadas, desde que me converti, não relaxo o meu dever de buscar o meu Deus, adorando-O, agradecendo-O e fazendo-Lhe as minhas petições.

De joelho, com a testa no piso do nosso quarto, eu chorava e clamava a Deus para me curar daquela terrível enfermidade. Mas a cura não acontecia. Aflito, passei a dizer a Deus: “Inclina Teus ouvidos, como pediu o Teu servo Davi.” Ouvi-me, em nome de Jesus. E nada!

Certa madrugada, às 03:00 horas, uma violenta dor estranha abaixo do braço esquerdo à altura da cintura deixou-me em gemido e lágrimas. Não chamei minha querida esposa.

Naquela madrugada, com aquela dor estranha, não orei, pois só me lamentava e as lágrimas inundavam o piso.

A dor sumiu quando o dia estava quase chegando.

 Na madrugada seguinte, à hora costumeira de orar, a mesma dor chegou com mais violência. Também não acordei minha querida esposa.

Ajoelhei-me. Com a testa no piso. Desta vez, orei. E em prontos, eu coloquei a mão sobre a região que me doía, e disse: “EM NOME DE JESUS, SAI.”  Antes de terminar a oração, a dor sumiu.

Um fato, porém, chamou-me à atenção, pois fazia uns três dias antes daquelas duas madrugadas que a gastrite não me atacava, e isto levou-me a crer que Deus já me havia curado. AMÉM!