Hospedagem de Sites com cPanel, PHP, MySQL, Emails e SSL Grátis
PRIMEIRO VEM O CRER E SEGUE-SE O BATISMO
PRIMEIRO VEM O CRER E SEGUE-SE O BATISMO

No momento que Jesus retornaria ao Pai, apareceu, pela última vez, aos seus discípulos, ordenando-lhes:

“...Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda a criatura.  Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado.” (Marcos 16.15-16)

Veja que o texto sagrado é bem claro: primeiro vem o crer.

O batismo é depois do crer. Crê no Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo; o Evangelho da Maravilha Graça; a graça que transforma o pecador convertido em templo de Deus, morada do Espírito Santo (1 Coríntios 3.16-17), com corpo, alma e espírito santificados (1 Tessalonicenses 5:23)

Jesus é o único que salva 

E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos.” (Atos 4.12) 

O início da salvação

“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie.” (Efésios 2.8-9)

Após a salvação vem as obras, ocorrendo um casamento da fé com as obras, não podendo se divorciar, pois Tiago, capítulo 2, versículo 17, diz que a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma.

 A salvação  do pecador depende da Fé, da Esperança e da Caridade (o amor), sendo a maior de todas a caridade (1ª Coríntios 13.13). Sem estas três não há salvação.

Jesus levantou os Seus olhos ao Céu, e orou  ao Pai pelos seus discípulos, dizendo: (João 16:1-2):

“Pai, é chegada a hora; glorifica a teu Filho, para que também te glorifique a ti; Assim como lhe deste poder sobre toda a carne, para que dê a vida eterna a todos quantos lhe deste.” (João 16:1 e 2)

No versículo 3 seguinte, Ele disse: “...a vida eterna é esta: que conheçam a ti só por único Deus verdadeiro e a Jesus Cristo, a quem enviaste.”

Confessar para salvação

Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.  Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. (Romanos 10.10-11)

O ser humano precisa crer com o coração, tornando-se justificado perante Deus; então o Senhor Deus declara o arrependido livre dos seus pecados. E, assim, o crer e a confissão leva o ser humano a Deus.

Na 2ª carta do Paulo à Igreja do Senhor, que estava em Corinto, capítulo 5, versículo 17, declara: “Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é: as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo.” 

A nova criatura terá os seus pecados levados pelo Sangue do Cordeiro, conforme está escrito: “Aquele que nos ama, e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados” (Apocalipse 1.5b)

De igual sorte, será transformado no Templo de Deus, e morada do Espírito Santo (1ª Coríntios 3.16)

Desta feita, o  novo convertido (a nova criatura) deixa todas as coisas do mundo. Tudo quanto não agradava a Deus, não faz mais. Precisa vigiar e orar, continuamente, para que não entre em tentação, pois o espírito está preparado, mas a carne é fraca (Mateus 26.41), porque o diabo, nosso adversário, anda em nosso derredor, bramando como leão, buscando a quem passa tragar (1 Pedro 5:8)