RIBEIRO ROCHA JULIO 
A ESPADA DO ESPÍRITO
A ESPADA DO ESPÍRITO

“Tomai também o capacete da salvação, e espada do Espírito, que é a palavra de Deus;  Orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos.” (Efésios 6:17-18)

Texto semelhante a este, o encontramos em 1  Tessalonicenses, capítulo 5, versículo 8,  acrescentando que o capacete é a esperança da salvação, conforme descreve:

“Mas nós, que somos do dia, sejamos sóbrios, vestindo-nos da couraça da fé e da caridade, e tendo por capacete a esperança da salvação.” 

São Paulo, no versículo 9, deste mesmo capítulo, fala do amor ilimitado de Deus,  ao nos afirmar:

“Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo.”

O homem, que desfruta das delícias terrenas, tem grande dificuldade de entender tão grande bondade de Deus. E assim, ele – o homem – abraça falsas práticas, atolando-se cada vez mais no seu mundo de pecados.

O dicionário bíblico Vine, editado pela CPAD, faz, em bom momento, comentário sobre os dois textos, como vemos em destaque:

Em Efésios 6:7:

“...a salvação é uma experiência presente proporcionada pela libertação que o Senhor deu aos crentes por estarem engajados em conflito espiritual.”

E em 1 Ts 5:8:

“...a esperança é a volta do Senhor, que anima o crente a resistir o espírito do mundo, no qual ele vive.”

 Reflita bem, pois as evidências dos fatos anunciam a vinda do Filho do Homem.