Criar um Site Grátis Fantástico
A IGREJA PRIMITIVA VIROU ROMANA
A IGREJA PRIMITIVA VIROU ROMANA

 

Da verdadeira dos Apóstolos do Senhor pertenceram os cristãos que viviam na clandestinidade.  Os apóstolos, o bispo Policarpo - da igreja de Esmirna -, o vigário Eusébio de Cesaréia, Antipas, fiel testemunha de Jesus, da igreja de Pérgamo (Apocalipse 2:13)

Os membros da verdadeira Igreja de Cristo foram perseguidos e assassinados pelos Imperadores Romanos, bem como por seus representantes.

A história, porém, mudou com o Edito de Milão – edito de tolerância -, assinado por Constantino, Imperador Romano, em 13 de

junho de 313. O Edito assegurou tolerância e liberdade de culto para todos os cristãos nos domínios do Império Romano.

Segundo o nosso dicionário pátrio, Edito significa: Parte da lei que expõe as disposições a que ela obriga;  É também decreto.

Pelo decreto, o rei democratizou a liberdade religiosa, quando, então as religiões puderam se expressar publicamente.

Desta maneira, o poder romano, provisoriamente, não perseguia mais os cristãos.

 A medida adotada por Constantino teve boa repercussão no Ocidente, pois marcou  a abertura da aproximação do império romano aos cristãos, os quais (cristãos) eram assassinados por Roma e seus seguidores.

Após um período de grande intolerância e de perseguições oficiais aos cristãos, a medida tomada por Constantino teve consequências na História do Ocidente, marcando o início da aproximação do Império Romano com o cristianismo.

O sobrenome Romana

Em 27 de fevereiro de 380 depois de Cristo, Teodósio I, imperador romano, promulgou um decreto que  reconhecia o cristianismo como a religião oficial de Roma, e perseguia e matava os verdadeiros cristãos, chamando-os de hereges; no bolo entravam feiticeiros e outros. 

Estúpidos, ignorantes, negando a mensagem de Jesus no cruz, os imperadores romanos, por longo período, e auxiliados pelo diabo,  controlaram o cristianismo, tomando para eles toda autoridade sobre a igreja, que já não era mais a igreja dos Apóstolos do Nosso Senhor Jesus.

 A igreja perdeu sua forma ao receber o sobrenome romana, afastando-se da comunhão com Deus; e adotou imagens de escultura, fazendo petições aos mortos, cujas práticas são condenadas por Deus.