Wordpress, Prestashop, Joomla, Drupal e outros com Domínio e Certificado Grátis
URBANO II, UM DOS PAPAS ASSASSINOS
URBANO II, UM DOS PAPAS ASSASSINOS

 

A exemplo  dos imperadores,  os papas auxiliados  pelo diabo,  e ignorando a MENSAGEM DE JESUS NA CRUZ,  mataram milhares  de pessoas inocentes com suas criminosas cruzadas religiosas.

O papa Urbano II, em 1095, ignorando a mensagem de Cristo na cruz, deu início às Cruzadas, e chamou essa infeliz atitude de Guerra “Santa”.

Dizem os historiadores que o papa Urbano II era esperto, pois convenceu os europeus a participarem de sua tal Guerra “Santa” através das Cruzadas, a fim de satisfazer os seus instintos perversos e ambiciosos.

Urbano II tomou assento no trono papal entre 1042 a 1099. Em 27 de novembro, no Concílio de Clermont/França, o papa guerreiro, num pronunciamento impressionante, propôs uma expedição à Terra Santa a fim de libertar o santo sepulcro que se encontrava nas mãos dos muçulmanos.

Ele convenceu os cavaleiros dos reinos ocidentais e os cristãos para se unirem numa guerra com a intenção de recuperar a Terra Santa para o cristianismo. Sua justificativa era proteger o Santo Sepulcro dos ataques muçulmanos.

Urbano II prometeu aos cristãos mais fervorosos que, se eles participassem da maldita guerra “santa” das Cruzadas seriam perdoados de todos os pecados e teriam seus lugares garantidos no céu.

O papa Urbano II, em 1095, ignorando a mensagem de Cristo, deu início às Cruzadas, e chamou essa infeliz atitude de Guerra “Santa”.

Dizem os historiadores que o papa Urbano II era esperto, pois convenceu os europeus a participar de sua tal Guerra “Santa” através das Cruzadas, a fim de satisfazer os seus instintos perversos e ambiciosos.

Ele, Urbano ll, dizia-se vigário de Cristo na terra, e em nome de Nosso Senhor, convocou a primeira Cruzada. E fez um impressionante discurso.

Eis a seguir parte do discurso do papa matador:

“Ó Francos, de quantas maneiras Nosso Senhor vos abençoou? Vede quão férteis são vossas terras. Quão verdadeira é vossa fé. Quão indisputável é vossa coragem.

"A vós, abençoados homens de Deus, dirijo estas palavras. E que não sejam levadas levianamente, pois são expressas pela Santa Igreja, que, pelo sagrado pacto com Nosso Senhor, é sua santíssima voz na terra.

“Vós que sois justos e bons, vós que brilhais na santa fé escutai. Sabei da justa e grave causa que nos reúne hoje aqui, sob o mesmo teto, na piedade de Nosso Senhor.....”

Urbano II e os seus sanguinários seguidores, avançaram sobre Jerusalém e PROVOCARAM UM GRANDE MASSACRE CONTRA OS MUÇULMANOS que ali habitavam.

Esse papa assassino é tratado pela Igreja Católica Romana como o Bem-aventurado Urbano II. Santo Urbano II.