RIBEIRO ROCHA JULIO 
UMBANDA E OUTROS
UMBANDA E OUTROS

 Há quem diga que nós morremos, mas o espírito voltará à terra noutro corpo; e no corpo de uma criança ao nascer, portanto, passando por um processo de reencarnação. Começando tudo de novo. Na segunda vinda, se a pessoa foi má na vida anterior, será boa no seu retorno. 

Fundamentados em tal princípio, os seguidores de algumas seitas, tais como xangô, umbanda e outras, dizem que recebem espíritos de pessoas que morreram; e os recebendo mudam até de voz, inclusive revelam detalhes da vida das pessoas. Coisas muito particulares!

O que a Bíblia nos revela sobre tais coisas? É possível mesmo, quem já morreu vir à terra e falar através de outra pessoa? Reencarnará num corpo novo, de uma criança? O espírito falará diretamente com os vivos?

Vejamos o que nos revela a palavra de Deus.

Verificando, inicialmente, aquela parábola citada por Jesus sobre o mendigo Lázaro e o rico, ninguém retornará à terra, nem em espírito, nem noutro corpo. Como vimos, o rico não pode vir a este mundo, em circunstância alguma.

Se assim o fosse, pai Abraão teria mandado o espírito de Lázaro avisar aos irmãos do rico.

Continuando no mesmo assunto, assim está escrito:

“Não vos virareis para os adivinhadores e encantadores; não os busqueis, contaminando-vos com eles. Eu sou o SENHOR, vosso Deus.” (Levítico 19:31)

 “Quando, pois, algum homem ou mulher em si tiver um espírito adivinho ou for encantador, certamente morrerão; com pedras se apedrejarão; o seu sangue é sobre eles.” (Levítico 20:27)

 “Quando, pois, vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os adivinhos, que chilreiam e murmuram: Porventura não consultará o povo a seu Deus? A favor dos vivos consultar-se-á aos mortos?  À lei e ao testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, é porque não há luz neles.” (Isaías 8:19-20)

 “Quando entrares na terra que o SENHOR, teu Deus, te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti se não achará quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador de encantamentos, nem quem consulte um espírito adivinhante, nem mágico, nem quem consulte os mortos, pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR, teu Deus, as lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o SENHOR, teu Deus. Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém a ti o SENHOR, teu Deus, não permitiu tal coisa.”  (Deuterenômio 18:9-14)

Isso não vem de Deus, conforme está escrito:

“E não é de admirar, porquanto o próprio Satanás se disfarça em anjo de luz. Não é muito, pois, que também os seus ministros se disfarcem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras.” (2 Coríntios 11:14-15)

Continuando examinando este assunto, assim está escrito:

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo”(Hebreus 9:27)

Ora, se quem morre voltasse à terra em outro corpo, aquele rico não estaria sofrendo tanto tormento no Hades, não teria pedido ao pai Abraão para mandar Lázaro vir aqui.

Diante disto, também nenhum espírito de quem morreu retornará à terra, a fim de falar através de quem está vivo.

Portanto, aquela estória de quem morreu apareceu a alguém, é uma grande enganação de satanás, pois ele e seus ministros se transformam em qualquer pessoa, conforme o seu porte físico, utilizando o mesmo perfume, a mesma voz, dizendo até fatos ocorridos no seio da família ou entre as pessoas amigos do falecido.

O dicionário explica: Chilreiem que dizer: Tagarelar. Falar muito.