Criar um Site Grátis Fantástico
JESUS PREDISSE TODAS AS COISAS
JESUS PREDISSE TODAS AS COISAS

 

“Quando pois virdes que a abominação da desolação, de que falou o

profeta Daniel, está no lugar santo; quem lê, atenda; Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes;” (Mateus 24.15- 16)

Diz o comentarista que “Jesus advertiu contra a procura de sinais, mas como uma parte final de sua resposta  à segunda pergunta dos discípulos (Mateus 24.3). Ele falou  do evento definitivo que iria significar  a destruição vindoura.” – Comentário ao Novo Testamento, Aplicação Pessoal.

Em Mateus, capítulo 24, versículos 17 e 18, Jesus prediz:

“E quem estiver sobre o telhado não desça a tirar alguma coisa de sua casa, E quem estiver no campo não volte atrás a buscar os seus vestidos.” 

Jesus lamenta, conforme Mateus, no mesmo capítulo, versículos, que descreve: “Mas AI DAS GRÁVIDAS e DAS QUE AMAMENTAM NAQUELES DIAS!  E orai para que a vossa fuga não aconteça no inverno nem no sábado;” (Mateus 24.19-20)

Dos versículos 17 ao 20,  há uma dupla referência nestes textos sagrados, pois um evento aconteceu no tomada de Jerusalém, com a consequente destruição do Templo.

Impiedosamente, o exército de Tito matou mulheres grávidas   e as que estavam amamentando, e com elas morreram as  suas crianças.

A outra referência acontecerá no arrebatamento da Igreja, que acontecerá antes da Grande Tribulação, pois as criancinhas são santas e não ficarão na terra.

Nos versículos 21 e 22, do mesmo capítula 24, Jesus disse que “...haverá então grande aflição, como nunca houve desde o princípio do mundo até agora, nem tampouco há de haver. E, se aqueles dias não fossem abreviados, nenhuma carne se salvaria; mas por causa dos escolhidos serão abreviados aqueles dias. 

Jesus profetizou, mas, como os judeus não O receberam (João 1.11), nem tampouco creram nas suas profecias, foram vítimas de uma terrível carnificina.