Hospedagem de Sites com cPanel, PHP, MySQL, Emails e SSL Grátis
Cap 60 Quarto dia de greve
Cap 60 Quarto dia de greve

 

             Como desde o início, a assistente social Maria das Dores Costa e o sargento Francisco Félix de Lima continuavam visitando os lares dos policiais militares, levando aos seus familiares conforto espiritual, pedindo calma e confiança, pois estavam todos buscando uma solução benéfica.

Pela tarde, um deputado da bancada oposicionista alugou um carro de propaganda  do  senhor  Tarcísio  para  divulgar pelas ruas da cidade que a Polícia Militar estava passando fome e defendia uma causa justa. Mas o veículo foi apreendido, e Tarcísio preso e conduzido ao 16º Regimento de Infantaria do Exército, onde ficou detido até segunda ordem.

Ao anoitecer, os sargentos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica telefonaram para o sargento Gil avisando que na madrugada do dia seguinte  - 14 de setembro -, as tropas federais cercariam o Quartel da Polícia Militar e ao amanhecer  seria ocupado.

A notícia apanhou  a tropa de surpresa, pois o assunto, que era segredo da comissão, chegava ao conhecimento de todos. A comissão reuniu os policiais na quadra de esportes da corporação, oportunidade em que o padre Manoel Barbosa orientou a tropa como deveria se comportar diante das Forças Armadas, ficando determinado que os nossos irmãos de farda seriam recebidos de forma ordeira.

Pouca gente dormiu naquela noite. Antônio André, Antônio Batista Gomes, Fernando Dantas Ferreira e Gil foram dormir lá pelas 2 da madrugada, no Hospital da Polícia Militar.

Apesar de quase todos os policiais se manterem acordados, não se ouvia uma só palavra. Estavam todos atentos ao menor ruído. A tensão ficou a mil. Não se mexiam nem os galhos das mangueiras que existiam em frente ao portão das armas. A sentinela desarmada e totalmente indefesa; impávida, ficava num pé e noutro. Com poucas luzes, com o pátio meio escuro;  muitos agachados procuravam uma melhor visão, a fim de observar a aproximação de veículos com os faróis apagados, que pela zoada, dava para  perceber que se tratava de carros pesados, e paravam nas imediações do quartel.